Você está em: Serviços
PILATES

Sobre o Pilates Ver Mais ...
O que é
História
Benefícios
Quem pode Praticar


O que é

O Método Pilates é um programa de condicionamento físico e mental, criado na Alemanha, no início do século XX, por Joseph Pilates.

Através dessa técnica, o praticante, com auxílio de aparelhos com sistema de molas e exercícios de solo (Mat), desenvolve força, flexibilidade e resistência, trabalhando 100% corpo e 100% mente e, por este motivo, foi denominada Contrologia, que é o controle consciente de todas as ações musculares do corpo.

Possui suas influências no oriente, através do Yoga, do Tai-chi-chuan, da Meditação e do Zen Budismo, que preconizavam uma visão global, considerando o ser humano como um todo formado por mente, corpo e espírito. Teve, também, sua origem com base nas características ocidentais, visando resistência para desenvolver músculos fortes, delgados e flexíveis.

Sua abordagem trabalha o corpo como um todo, integrando respiração, controle e fortalecimento do centro de força, controle e consciência de todas as partes do corpo para manutenção da postura e para execução dos movimentos.



História

Joseph Hubertus Pilates nasceu no ano de 1880, em Mönchengladbach, uma pequena cidade perto de Düsseldorf, Alemanha. Seu nome era originalmente pronunciado “Pilatu”, derivado do Grego, mas foi modificado para “Pilates”.

Ele foi uma criança pequena e doente, que sofria de asma, raquitismo e febre reumática e dedicou sua vida para melhorar essa condição.

O pai de Joseph Pilates foi um campeão olímpico, e sua mãe uma naturóloga.

Após sobreviver a doenças, a cada ano, decidiu começar a tentar superar suas fraquezas para poder ser forte e saudável como seu pai.

Na adolescência, limpava o jardim de um vizinho que possuía uma biblioteca, em troca de desfrutar dela.

Uma família de médicos lhe deu um livro velho de anatomia do corpo humano e Pilates passou a estuda-lo com afinco.

Começou a pesquisar muitos tipos de exercícios para ajudar seu treino de fortalecimento. Ficava horas no bosque, escondido, observando os animais se movimentarem. Visitou bibliotecas de universidades, em Düsseldorf, estudando tanto as formas ocidentais como as orientais de exercício, incluindo Yoga e meditação Zen.

Em casa, Pilates praticava cada exercício que havia lido a respeito e mantinha registros dos efeitos de cada movimento para medir seu progresso.

Com 14 anos, havia desenvolvido tanto seu físico que trabalhava de modelo para cartilhas de anatomia.

Ele utilizou seu conhecimento para superar as limitações de seu corpo e, no final de sua adolescência já era um ótimo mergulhador, ginasta, esquiador, boxeador, etc.

Acreditava, fielmente, no dizer Romano “Mens sana in corpore sano” (mente sã, corpo são), filosofia que foi a chave para criação de seu método.

Criou mais de 500 exercícios revolucionários, mesclando as melhores técnicas de dois mundos, na busca pelo equilíbrio “corpo-mente”.

Foi para Londres, contratado pela Scotland Yard, e lá estava quando eclodiu a Primeira Guerra Mundial (1914). Foi recluso no campo de concentração de Lancaster, por ser considerado inimigo estrangeiro.

Nesse período, atuou como enfermeiro, cuidando dos feridos de guerra em uma ala hospitalar do campo de concentração, onde desenvolveu exercícios específicos para manter a sua saúde e a dos feridos . Usou as camas hospitalares e outros artefatos (cintos, lastros e molas) para fortalecer enfermos que ainda permaneciam deitados nas camas, onde iniciou o desenvolvimento dos primeiros protótipos dos aparelhos hoje conhecidos no método Pilates.

Em 1918 houve uma epidemia do vírus Influenza (gripe espanhola) dizimando milhares de ingleses e nenhum dos internos (enfermos) sob seu treinamento foi infectado.

Anos depois, Pilates atribuiu a sobrevivência dos prisioneiros, perante a epidemia, à execução dos exercícios, beneficiando sua saúde, embora não existissem comprovações científicas na época.

Finalizada a guerra, retornou à Alemanha, onde continuou a desenvolver seu método. Em 1926, aos 46 anos, Pilates conheceu a enfermeira Clara e obtiveram afinidades por apresentar interesse pela saúde e como manter o corpo saudável. Decidiram abrir um estúdio juntos e mais tarde acabaram se casando. Pilates e Clara abriram a academia na Oitava Avenida de Nova York, no mesmo prédio do New York City Ballet, atraindo a atenção de pessoas influentes na cidade.

Joseph Pilates faleceu em 1967 com 87 anos, por ter inalado uma quantidade excessiva de gases tóxicos, na tentativa de salvar sua academia de um incêndio. Clara continuou seu trabalho até 1977, quando veio a falecer.



Benefícios do Pilates

  • Trabalha o corpo inteiro através de exercícios suaves e eficazes
  • Possui um grande repertório de exercícios, com poucas repetições de cada movimento, sem desgaste físico
  • Os resultados são rápidos e duradouros
  • Adaptável a muitos níveis de aptidão e necessidades
  • Fortalece a musculatura abdominal mais profunda e desenvolve o centro de força corporal (core)
  • Alongar, tonificar e definir a musculatura sem exageros
  • Melhora a amplitude, agilidade e vigor nos movimentos articulares
  • Melhora a postura restaurando o alinhamento corporal
  • Libera o fluxo energético combatendo o estresse
  • Aumenta a consciência corporal – Conexão Corpo/Mente
  • Deixa sua coluna mais forte e flexível
  • Cria padrões eficientes de movimentos, deixando o corpo menos vulnerável a lesões
  • Melhora a circulação sangüínea
  • Serve como complemento para treino esportivo, melhorando o desempenho
  • Utilizado para reabilitação em geral (combate dores, etc.)
  • Previne a osteoporose
  • Melhora a autoestima
  • Promove uma sensação geral de bem estar


Quem pode praticar

Pela grande variedade de exercícios e por ser realizado em equipamentos específicos para sua prática, o método adapta-se a qualquer tipo de necessidade, em qualquer faixa etária , sendo uma atividade desafiadora, segura e prazerosa, porém, como exige do praticante uma grande dose de concentração, as crianças com menos de 7 anos, acabam não usufruindo dos reais benefícios que esse proporciona. A partir dessa idade, embora de maneira lúdica, a prática vem sendo liberada.

O método é eficaz para pessoas sedentárias, pois permite uma aquisição gradativa e segura de condicionamento, assim como, também, para atletas e para pessoas em reabilitação de alguma lesão.

PILATES - Áreas de Atuação

Pilates no Treinamento de Atletas Profissionais e Amadores Ver Mais ...

Cada vez mais, percebe-se a ênfase dada ao fortalecimento e ganho de massa muscular em atividades esportivas como futebol, futsal, vôlei, corrida, golf, ciclismo, natação, dentre outras, sem a devida preocupação com o alongamento e a flexibilidade de grupos musculares importantes em cada uma destas modalidades.

Vários estudos já comprovaram que a diminuição da flexibilidade muscular é uma das grandes responsáveis por lesões do esporte, como as distensões musculares e as tendinites e pela limitação em determinados gestos esportivos.

Com o aumento da flexibilidade muscular, os movimentos podem ser executados com maior amplitude, maior força, mais rapidez, mais facilidade, mais fluência, mais eficácia e, conseqüentemente, com menor predisposição a lesões musculares.

Devido a uma demanda bastante grande de lesões pela prática de esportes, tanto profissionais, como amadores, que chegaram a nós, iniciamos um estudo específico de cada modalidade esportiva e da aplicabilidade do Método Pilates em cada uma delas, pois acreditamos que esse link só poderia trazer benefícios aos praticantes e isso vem sendo comprovado através das respostas positivas que estamos tendo, já há alguns anos, nos nossos atletas.

Um dos fatores que influencia muito no incremento esportivo é a respiração realizada de forma mais correta, principalmente em atividades aeróbicas como a corrida e o ciclismo, e como esta é enfatizada pelo Método Pilates, por ser um de seus princípios mais importantes, temos tido relatos muito satisfatórios quanto aos resultados da utilização da técnica de respiração “pilateada”, como costumamos chamar, pelos nossos atletas.

Enfim, de uma maneira geral, o Método Pilates tem provado ser uma ferramenta importantíssima, na vida do atleta, por proporcionar um aumento da flexibilidade geral do corpo, buscar a saúde através do fortalecimento do “centro de força” (músculos abdominais, lombares e períneo), melhorando a postura e a coordenação dos movimentos realizados, diminuindo, consideravelmente, o número de lesões.


Pilates Para Sua Atividade de Trabalho Ver Mais ...
(Ergonomia Pilateada, como passamos a chamar esse trabalho)

Da mesma forma que no esporte, a atividade de trabalho exige dos músculos um esforço que, muitas vezes, ultrapassa as condições de suportabilidade de cada indivíduo. Existem maneiras de trabalhar especificamente a musculatura mais exigida, tornando-a mais forte e mais flexível, evitando, com isso, as comuns tendinites por esforço de trabalho e problemas decorrentes da continuidade do esforço sem os devidos cuidados.

Baseados em conhecimentos e práticas anteriores na área da Ergonomia e na incidência bastante grande de casos, começamos a focar nosso trabalho, também, para esse público, utilizando o Método Pilates como uma ferramenta, tanto na preparação para cada gesto de trabalho, quanto na prevenção de problemas decorrentes do mesmo e temos tido bastante sucesso.


Pilates Para Crianças e Adolescentes Ver Mais ...

A dinâmica de vida das crianças de antigamente, era totalmente diferente da clausura que se vê nos dias de hoje. Tinham uma vida mais saudável, correndo pela rua, subindo em árvores, jogando futebol em terrenos baldios, ou seja, eram livres para brincar e isso exigia delas um certo esforço físico, enquanto as crianças de hoje não têm mais as mesmas oportunidades. O que se vê, agora, são crianças presas dentro de casa, devido à falta total de segurança nas ruas e a ausência dos pais, pela necessidade de passarem o dia trabalhando. A diversão limitou-se à televisão, ao videogame e ao computador que, somados à agenda corrida do colégio, curso de línguas e outras atividades que também exigem a permanência na posição sentada, desencadeiam, nos pequenos, uma série de problemas posturais e, conseqüentemente, dores decorrentes dos mesmos, além de fraqueza muscular e falta de mobilidade importante.

Para reverter essa situação, o Método Pilates pode ser uma poderosa ferramenta, embora ainda se ouça a tão comum dúvida, por parte dos pais, de que poderia ser uma atividade muito forte e que poderia comprometer o desenvolvimento dos seus filhos.

Segundo especialistas no assunto, ocorre justamente o contrário. O pilates só tem a contribuir para o desenvolvimento das crianças, uma vez que, além de fortalecer a musculatura para suportar a carga da mochila, corrige a postura, introduz disciplina, concentração e ainda serve de canal para extravasar a energia típica da idade. Pode ser aplicado a partir dos sete anos de idade, sendo que os exercícios são ensinados de forma lúdica, como uma brincadeira, com o objetivo de conquistar os pequenos alunos para a prática do método corrigindo, assim, os maus hábitos posturais.

No período entre a infância e a adolescência há uma série de transformações corporais, ocorrendo um crescimento acelerado, o que faz com que o “pré-adolescente” perca a noção do tamanho do seu próprio corpo em relação ao espaço. A prática do Método Pilates enfoca exatamente o trabalho da consciência corporal, facilitando essa adaptação ao “novo corpo” e às exigências que o mesmo sofre.

Com o passar do tempo e de acordo com a mudança de interesses por parte dos adolescentes, esses começam a preocupar-se em melhorar sua aparência, não só desenvolvendo seus músculos, mas, também, corrigindo sua postura. A incidência de dores de coluna em jovens, por postura estática incorreta e excesso de carga (mochilas, livros...), além da prática de técnicas de fortalecimento muscular sem a devida orientação, também vem impressionando o profissional de fisioterapia e preocupando os pais e, como é sabido que o Método Pilates melhora o entendimento corporal, “acordando” músculos internos que ativam o nosso “pilar de sustentação”, acaba permitindo que, de maneira correta e nada agressiva, o jovem possa fortalecer seus músculos externos, conseguindo a tão esperada melhora da aparência.

Com base nessa realidade, iniciamos, já há alguns anos, uma divulgação dos benefícios que o Pilates pode proporcionar as crianças, pré-adolescentes e adolescentes e já tivemos prova dessa resposta, em todos que nos procuraram.


Pilates Para Gestantes Ver Mais ...

Já está provado que o Pilates é um dos melhores exercícios para se fazer durante e depois da gravidez, pois é uma atividade física de baixo impacto e ótima para auxiliar no fortalecimento dos músculos centrais do corpo. Se o abdômen, as costas e o assoalho pélvico estão tonificados, eles suportarão com mais conforto e resistência, as alterações que o corpo sofre nesse período. Essas alterações propiciam novas e diferentes demandas sobre seus músculos e articulações, portanto, é necessário readaptar também sua rotina de exercícios para suprir essas demandas.

De maneira geral, é preferível optar pelo início da prática após o terceiro mês, onde o risco de aborto espontâneo é menor, sendo que, antes desse período, o Pilates somente é indicado mediante liberação médica. A prática pode ser mantida até poucos dias antes do parto, dependendo das condições físicas de cada gestante.

Benefícios do Pilates na Gestação:

  • Aumento da estabilidade postural e maior resistência do assoalho pélvico, o que leva à prevenção das dores lombares e das deformidades posturais comuns na gestação;
  • Incremento da força dos músculos abdominais, propiciando maior apoio das vísceras abdominais (dentre elas, o útero), melhor mobilidade e estabilidade da coluna vertebral, tudo isto resulta em mais espaço para o seu bebê;
  • Alívio das dores normalmente associadas às mudanças posturais que ocorrem no seu corpo;
  • Melhora da circulação sanguínea;
  • Aumento no relaxamento e efeitos calmantes, transferindo alguns benefícios à saúde do bebê e estreitando a relação mãe-bebê;
  • Maior conscientização sobre o seu corpo, ensinando a relaxar e respirar corretamente, preparando-a para o trabalho de parto;
  • Os exercícios para as pernas, pés e tornozelos, ajudam a diminuir edemas e câimbras;
  • A prática do Pilates durante e após a gestação promove uma boa recuperação do trabalho de parto, dando-lhe a base para recuperar suas formas anteriores com o programa pós-parto;
  • Melhora da motilidade intestinal;

* Com base em todas essas afirmações é que, desde a sua fundação, a Pilates Control, vem utilizando o Método Pilates como uma ferramenta para beneficiar as gestantes e, consequentemente, seus bebes, com comprovação nos ótimos resultados em todos os casos que acompanhou.


Pilates Para Idosos Ver Mais ...

São conhecidos e indiscutíveis os muitos benefícios da prática do Método Pilates por idosos, dentre eles, a melhora da força, do controle muscular, da flexibilidade e da mobilidade geral. Além disso, proporciona uma melhor capacidade circulatória e cardiovascular, auxilia na manutenção da pressão arterial, melhora a postura, a consciência corporal, o equilíbrio e a coordenação motora, influencia na calcificação óssea, causa um alívio significativo do estresse, da fadiga e de dores musculares, melhorando a saúde das articulações.

Por trabalhar a musculatura abdominal e do assoalho pélvico, o método previne e melhora a condição de incontinências urinárias.

A exigência de concentração na execução dos movimentos durante a sessão de Pilates, ajuda a manter a capacidade cerebral, diminuindo a incidência de doenças como, por exemplo, o Alzheimer. .

Uma das grandes vantagens adquiridas através da prática do Pilates, é a melhora da auto-estima e auto-confiança.

O uso das molas como facilitador para determinados exercícios, permite aos idosos executá-los durante a prática do Pilates, o que seria mais difícil, ou até impossível, sem o auxílio das mesmas.

A Pilates Control vem, desde sua fundação, atendendo essa população e, durante todo esse tempo, só veio a comprovar, através de relatos e constatações, que , sem sombra de dúvida, a prática do método, melhorou substancialmente a qualidade de vida dos seus idosos.


"Frequento o estúdio da Pilates Control pela excelência de seus profissionais e pela qualidade de sua infraestrutura"

Yumi Kaneda
Ver todos os depoimentos

Pilates Control - Studio
Rua Barbedo, 404 | Menino Deus | Porto Alegre - RS
(51) 3062.8277 | pilatescontrol@pilatescontrol.com.br
Estacionamento próprio


Cadastre-se e receba novidades.